Safári na África: onde fazer e dicas gerais para quem vai se aventurar pela primeira vez

Fazer um safári na África é uma das coisas mais incríveis que todo ser humano deveria ter a oportunidade de realizar pelo menos uma vez na vida. Pense: você ali, no meio da selva, dentro de um carro aberto, olhando de pertinho os animais no habitat natural. É uma emoção e uma experiência sem explicação!

De maneira geral, tente reservar pelo menos três dias para fazer o safári em um parque nacional ou em uma reserva privada, independentemente de onde seja! Os parques são imensos e com certeza você pode ir para um canto diferente em cada dia, fazendo mais de um game drives (que são as saídas para um safári).

safari na africa
 
Foto: Pxhere

Essas saídas para os safáris acontecem duas vezes por dia: uma bem cedinho, entre 5h30 e 7h, já que no período da manhã os animais estão mais ativos; e outra no final da tarde, por volta das 16h, e cada passeio dura de 3 a 4 horas. Cada game driver é diferente e realmente uma caixinha de surpresas porque você não tem garantia que vai conseguir ver um animal ou que vai presenciar uma caçada, por exemplo.

Também existem passeios noturnos guiados que são bem legais e proporcionam essa tensão constante que deixa sua adrenalina a mil!

Os Big Five na África

safari na africa
Foto: Pixabay

Quem está planejando fazer o primeiro safári da vida vai encontrar bastante esse termo durante as pesquisas: big five. Esse é o nome dado a um grupo de animais que eram considerados os mais perigosos na África (isso na época em que os ingleses iam nos safáris para matar e não como fazemos agora, por lazer e para registar muitas fotos).

Eles então listaram os “cinco grandes”, formando um grupo composto pelo leão, leopardo, rinoceronte, elefante e búfalo. E você pode ter a oportunidade de ver todos esses animais durante um safári na África!

É supernatural que pessoas que nunca tenham feito um safári na África fiquem com medo do ataque de algum animal, afinal de contas, é uma experiência totalmente nova e diferente! Mas relaxa: eles não vão te atacar, você não faz parte do cardápio deles!

safari na africa
 
Foto: Pxhere

Os animais ficam mais curiosos com a sua presença do que com vontade de devorá-la! Os bichos que podem fazer alguma peripécia são os elefantes adolescentes, que vão para cima dos carros e tentam empurrá-los. Por isso é importante estar com um guia profissional, ele vai saber exatamente o que fazer para sair dessa situação o mais rápido possível.

O único animal que devemos nos preocupar durante uma viagem dessas é com mosquito que pode transmitir a malária! O bom é que na maior parte do ano o clima é seco e isso afasta esses mosquitos. Apesar de muitos parques estarem em regiões de incidência de malária, os riscos de contrair a doença são baixos, principalmente no inverno e em épocas de seca. Não é motivo para pânico! Não pense que todo pernilongo que chegar perto de você possa ser um transmissor, ok?

É só se prevenir: use muito repelente, o mais potente que encontrar, inclusive por cima da roupa, e ande sempre com calças e camisetas de manga comprida. No final da tarde é que os mosquitos costumam aparecer. Sempre use telas, mosqueteiros e ligue aqueles repelentes de tomada.

Onde fazer Safári na África

Os melhores países na África para fazer um safári são:

África do Sul

A África do Sul talvez seja o primeiro destino que vem em mente quando o assunto é safári. Realmente, existem parques e passeios incríveis por lá, mas, por ser tão popular assim, os preços também são elevados.

Sem dúvidas, o Kruger Park é o destino mais visitado da África do Sul! O parque, criado em 1926, quase faz fronteira com Moçambique e tem aproximadamente 20 mil km². O parque está a 5 horas de distância do aeroporto de Joanesburgo, então, é bem tranquilo pegar um transfer no aeroporto até lá.

safari na africa
Foto: Wikimedia Commons

 

safari na africa
Foto: Wikimedia Commons

Dentro do parque, os turistas encontram uma estrutura para hospedagem completa! São opções de campings e até mesmo os luxuosos lodges. Em Skukuza, você encontra opções de alojamentos bem interessantes.

Todas as regiões do parque são ótimas para passeios, apesar de que os guias comentam que na região sul a incidência de animais é maior (e, por esse motivo, tem mais carros e pessoas).

Se os preços dentro do parque ficam muito salgados para você, procure hospedagens em Phalaborwa. É possível que você encontre preços melhores ficando em um hotel ou guest house, por exemplo. Porém, você vai precisar cumprir os horários de abertura e fechamento do parque.

A 5 horas de distância de Joanesburgo e na fronteira com Botsuana fica o fascinante Madikwe Game Reserve, uma reserva privada com 750 km² sensacional para fazer safári na África do Sul.

safari na africa
 
Foto: Wikimedia Commons

Só participa dos safáris que estiver hospedado dentro do Madikwe, fato que dá uma certa exclusividade para os visitantes. Os preços são mais altos, isso é verdade, mas a experiência será única e as chances de ver os big five também são grandes. 

Bem mais simples e perto de Joanesburgo tem o Pilanesberg, um parque com 550 km² e bastante coisa para você ver durante um safári.

Tanzânia

A Tanzânia talvez seja o melhor destino para fazer um safári na África e ver muitos animais (muitos mesmo), incluindo os big five! As paisagens do país são exuberantes que até parecem que foram pintadas à mão. Os game drives, na grande maioria, partem de Arusha, na região norte do país — é mais fácil ir de avião até Zanzibar e pegar mais um voo para Arusha.

Existem 15 parques espalhados pela Tanzânia, mas é a Reserva do Serengeti, uma área de 14 mil km² que se estende até o Quênia considerada Patrimônio da UNESCO, o lugar ideal para fazer safári na Tanzânia.

safari na africa
Foto: Wikimedia Commons
Continuar lendo....

Fonte: Quanto Custa Viajar